fbpx

Retornos a escala

Erick Loyola

"A medida que a escala da produção de uma empresa, setor ou economia aumenta, sua função de
produção pode seguir três caminhos diferentes no que se refere aos retornos de acordo com o
aumento dos insumos".

Se uma empresa possui retornos crescentes a escala, isso significa que seu nível de produção aumenta a um nível maior proporcionalmente do que o aumento dos insumos utilizados, tendo um formato de curva de produção parecido a uma função exponencial. Esse tipo de fenômeno acontece por conta de sinergias, especializações e externalidades positivas causadas pelo aumento de escala em algumas indústrias específicas.

Setores com retornos muito crescentes à escala possuem tendências oligopolistas.

Ex: Telecomunicações, aéreas.

Se uma empresa possui retornos constantes a escala, isso significa que seu nível de produção segue a mesma proporção de crescimento que o crescimento dos insumos utilizados, tendo um  formato de curva de produção igual a uma função linear. Esse tipo de propriedade é o padrão para maior parte dos setores da economia e empresas.
Se uma empresa possui retornos decrescentes a escala, isso significa que seu nível de crescimento de produção diminui de acordo com o aumento dos insumos utilizados, tendo um formato de curva de produção similar a uma função logarítmica. Esse tipo de fenômeno pode acontecer por conta de ineficiências advindas de alta depreciação de capital físico, ou setores onde o aumento de complexidade diminui as margens do business.

Ex: Distribuidoras de energia, empresas extrativistas/agrícolas

Os três tipos de retorno a escala da produção:

Erick Loyola

25/11/2020
Compartilhar