Ajuste diário: o que é e como funciona

Jhonatas Souza

Ajuste diário é uma equalização automática da posição das pessoas que investem no Mercado Futuro. Ele é calculado diariamente ao final de cada pregão, e por isso deve ser conhecido por qualquer pessoa que deseja explorar esse mercado”

Na prática, ao final do dia, a Bolsa de Valores verifica quem teve prejuízo ou lucro, e o acerto financeiro é realizado no dia útil seguinte, diretamente na conta de cada pessoa que investiu. Tem dúvidas sobre essa operação? Agora você vai aprender não apenas o que é ajuste diário, mas também vai compreender sua importância, funcionamento e vantagens.

Ajuste diário: entenda a sua importância

Quem investe no Mercado Futuro, sabe que está negociando contratos com vencimento lá na frente. O ajuste diário é exatamente o ajuste financeiro — que pode ser de crédito ou débito — executado nas contas de compradores e vendedores desse mercado todos os dias, em função do preço de ajuste do dia anterior.

Mas afinal, qual a sua importância? Em resumo, esse é um mecanismo de proteção e tem o objetivo de evitar inadimplências.

Como funciona o ajuste diário?

Agora que você já compreendeu o que é ajuste diário e sua importância para o Mercado Futuro e para quem investe, é importante entender melhor como esse mecanismo funciona.

Em primeiro lugar, devemos falar sobre o preço de ajuste. A Bolsa de Mercadorias e Futuros é a responsável por informá-lo e faz isso tomando como referência uma média ponderada dos negócios que foram realizados em um certo período de tempo, que pode variar de contrato para contrato. Esse preço é importante pois servirá como referência para o cálculo do ajuste diário.

Para te explicar como funciona o ajuste diário e como ele impacta o seu patrimônio, vamos te mostrar um exemplo de mini contrato de dólar. Olha só:

Imagine que você comprou 1 contrato futuro de mini dólar em 10/09/18 a 4.080 pontos. Neste dia, o preço de ajuste foi de 4.094,145 pontos. Assim, a diferença de pontos foi de:

4.094,14 – 4.080,00 = 14,14 (valores em pontos)

Como no contrato de mini dólar cada ponto vale R$10,00, essa diferença de pontos corresponde:

14,14 pontos x R$10,00 = R$141,40

O valor de R$141,40 seria creditado na conta da sua corretora no dia 11/09/18.

Seguindo o raciocínio, no dia 11/09/18 o preço de ajuste foi de 4.164,32 pontos. Assim, a diferença entre o preço de ajuste dos dias 11/09/18 e 10/09/18 foi de:

4.164,32 – 4.094,14 = 70,18 (valores em pontos)

Transformando para valores financeiros:

70,18 pontos x R$10,00 = R$701,80

O valor de R$701,80 seria creditado na conta da sua corretora no dia 12/09/18.

Passando para o dia 12/09/18, vemos que o preço de ajuste diário foi de 4.136,84 pontos. Assim, a diferença entre o preço de ajuste de 12/09/18 e de 11/09/18 foi de:

4.136,84 – 4.164,32 = -27,48 (valores em pontos)

Repare que, neste dia, a diferença entre os preços de ajuste diário foi negativa. Transformando para valores financeiros temos que:

-27,48 pontos x R$10,00 = -R$274,80

O valor de -R$274,80 será debitado da sua conta da sua corretora em 13/09/18.

Finalmente, em 13/09/18, você decide vender seu mini contrato para encerrar o seu investimento. A venda é realizada a 4.170 pontos.

A diferença deve ser feita entre a venda e o preço de ajuste do dia anterior, 12/09/18, que foi de:

4.170 – 4.136,84 = 33,16 (valores em pontos)

Multiplicando pelos R$10 correspondentes a cada ponto deste tipo de contrato futuro, o valor será:

33,16 pontos x R$10,00 = R$331,60

Então, o valor de R$331,60 seria creditado na conta da sua corretora em 14/09/18.

O resultado do seu investimento é feito somando-se todos os ajustes diários que foram creditados ou debitados da sua conta. No nosso exemplo, essa soma foi de:

R$141,40 + R$701,80 + (-R$274,80) + R$331,60 = R$900,00

Esse valor também poderia ser calculado levando-se em conta apenas o preço da compra e o preço da venda do mini-contrato, da seguinte forma:

4.170 – 4.080 = 90 (valores em pontos)

Transformando para valores financeiros temos que:

90 pontos x R$10,00 = R$900,00

Que tal ver todo esse raciocínio em uma tabela?

Como o ajuste diário influencia seus investimentos?

Como já falamos, o cálculo do preço de ajuste é divulgado diariamente pela Bolsa e ela não aguarda a pessoa que investe encerrar a sua posição para realizar os cálculos, nem creditar os lucros ou debitar os prejuízos.

Isso representa uma segurança maior para todo mundo que está investindo nesse mercado, já que as perdas não são acumuladas a ponto de não poderem ser quitadas.

vantagens do ajuste diário:

A decisão de se tornar um investidor está ligada a um misto de expectativas e inseguranças. Investir no Mercado Futuro é uma opção interessante, mas é sempre bom lembrar o quanto é importante estudar e se preparar antes de começar a explorar esse universo. Por isso, não há como negar as vantagens ao aprender como funciona o ajuste diário, especialmente para aqueles que estão dispostos a se expor a maiores riscos em busca de mais lucratividade.

HORÁRIO DO CÁLCULO DO AJUSTE

Dólar (WDO e DOL) – 15h50 às 16h00
Índice (WIN e IND) – 17h00 às 17h15

 Importante mencionar que a BM&F considera inadimplente e executa as garantias de todo participante do mercado futuro que não pagar o ajuste diário. O investidor fica impedido de negociar na bolsa de valores até que salde suas dívidas. Para resguardar outros participantes e os próprios intermediadores (as corretoras), a BM&F inclui o nome do investidor em uma lista de inadimplentes distribuída para todos os corretores.

Jhonatas Souza
29/06/2020
 

Related Blog

Leave a CommentYour email address will not be published.